Campanha do lixo orgânico zero

Todos os dias nós, moradores de São Luís, jogamos cerca de 700 toneladas de lixo orgãnico fora. Lixo orgãnico é dinheiro. É comprado no quilo. O que aparentemente é sobra, como casas de banana, de abacaxi, de melancia, é na verdade parte do nosso rico dinheirinho que está saíndo pelo ralo, ou pela lata de lixo.

Neste sábado estaremos formando a primeira turma de uma brigada especializada no aproveitamento integral do lixo orgânico. logo estaremos em operação nas ruas, becos e avenidas da cidade.
Podemos ter uma brigada com vários postos avançados por bairro, condomínio, escolas…
A admministração púbica parece não ter interesse pelo tema. Prefere contratar empresa de coleta de lixo, usando o rico nosso dinheirinho de novo, e carregar o lixo por mais de 100 km, enterrando uma boa parte.
Por baixo, o lixo orgãnico produzido em São Luís supera os 2 milhões de reais. Por dia. Dá mais de 60 milhões ao Mês. Por ano é só multiplicar 60 X 12. Quase um bilhão ao ano.
Esse valor não inclui a despesa pública com a coleta do lixo. É apenas a estimativa da despesa da pessoa física que produz o lixo orgânico. A conta é, portanto, muito maior.
Venha fazer parte desta brigada. participe da Oficina, neste sábado, 06.11, no Sítio Panakuí, ou faça a coleta seletiva do lixo em sua casa. Esta é a campanha do lixo orgãnico zero, que estamos deslanchando em São Luís.

Mais informações (98) 8888-3372

Por Moisés Matias

Sobre panakui

O site www.folhadoamanha.net e o Sítio Panakuí convidam para a oficina Sítio Ecológico, um guia para salvar a terra, ministrada pelo jornalista e ecologista Moisés Matias. O pesquisador desenvolveu uma metodologia de valoração dos recursos naturais e culturais, um método de criação de um circulo virtuoso, similar ao indicador de Felicidade Interna Bruta (FIB), ou seja, onde há, supostamente, pobreza e tristeza, floresce a fartura e a felicidade. A oficina acontece nos sábados, no Sítio Ecológico onde foi desenvolvido o estudo. As inscrições podem ser feitas pelo fone (98) 3253 3372, ou pelo e-mail moises-matias@ig.com.br "Aprenda a fazer um sítio na sua casa, no seu apartamento ou em uma área de terra. Assim você estará atuando firme, em seu local de moradia,para salvar o planeta.

Publicado em 06/07/2012, em artigos, meio ambiente, negócios e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. José Inácio

    Moisés, tenho dúvidas quanto aos resíduos animais: como fazer com as peles, ossos, vísceras e espinhas? Abrs

    • Olá Inácio, boa tarde!
      Vamos começar pelo começo?Faça-me uma visita e apresento a proposta do sítio, das tecnologias. Assim firmamos a parceria e, além do resíduo orgânico zero, podemos ampliar para a rede de sítios ecológicos urbanos. Liga e a gente combina: 8888 3372.

  2. Germano Güttler

    Prezados amigos do programa Resíduo Orgânico ZERO!,
    Recentemente montamos um programa aqui na nossa cidade (Lixo Orgânico ZERO em Lages-SC) e os resultados estão ultrapassando as nossas expectativas. É um pouco diferente do seu projeto pois desenvolvemos um sistema chamado Mini Compostagem Ecológica que facilitou e barateou muito o manejo desde tipo de resíduo.
    Convido a todos para conhecerem nosso programa na nossa página no FaceBook
    https://www.facebook.com/lixorganicoZERO?ref=digest_email
    Saudações a todos
    Prof. Germano Güttler
    Lages-SC

    • Olá, professor Germano, boa noite! Começo de ano, tempo do lançamento da campanha Resíduo orgânico zero/2014. O kit orgânico agora está no formato definitivo, todo em alumínio. Com o kit nós impulsionamos a campanha e as propostas das redes sítio ecológico urbano e rural.
      Saudações ecológicas,

      Moisés Matias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s