Projeto convoca para a revolução da micro-produção de energia alternativa.

Faça da sua casa uma usina de energia. Produza gás, em pequena escala. Produza adubo e fertilidade. Retire o que sobra e reaproveite. Evite o desperdício. Combata o lixo. Ou melhor, não existe lixo. É tudo uma questão de energia.
Esta é a síntese do projeto lançado hoje, pelo inventor Veneraldo Costa. Simplesmente Revolucionário. Mostra que o Maranhão, com a biomassa que possui, é mais rico que qualquer potência de petróleo. Então, minha gente, vamos conhecer o projeto Biodigestor Celular. E produzir a nossa energia, o nosso gás.

O projeto é muito simples. É a releitura de algo conhecido há milhares de anos, a produção de gás e energia através do biodigestor. Mas muda o enfoque. Muda o olhar, Muda a estratégia. Agora, quando se fala nas grandes barragens, nas usinas gigantes, Veneraldo Costa mostra, com o seu projeto, que a energia alternativa está em todo lugar, inclusive no lixo doméstico.

Quando muito se fala no pré-sal, ou seja, na extração de petróleo abaixo da camada de sal, abaixo da terra uns sete mil metros, Veneraldo chega e diz: “Podemos produzir gás deste material aqui, que existe em todas as casas”.

E os equipamentos podem ser feitos com mangueiras simples, com pequenos baldes de plástico, até com garrafas pets. Mas não se inviabiliza a produção de energia em uma escala maior, em um grande fazenda, por exemplo.

Acorda Maranhão!!!

Acorda Brasil!!!

Venham ver e aprender como fazer energia e gás, na varanda. Sim, esta é a mensagem que Veneraldo nos dá, com sua usina de gás instalada em uma sala com 04 metros de largura.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre panakui

O site www.folhadoamanha.net e o Sítio Panakuí convidam para a oficina Sítio Ecológico, um guia para salvar a terra, ministrada pelo jornalista e ecologista Moisés Matias. O pesquisador desenvolveu uma metodologia de valoração dos recursos naturais e culturais, um método de criação de um circulo virtuoso, similar ao indicador de Felicidade Interna Bruta (FIB), ou seja, onde há, supostamente, pobreza e tristeza, floresce a fartura e a felicidade. A oficina acontece nos sábados, no Sítio Ecológico onde foi desenvolvido o estudo. As inscrições podem ser feitas pelo fone (98) 3253 3372, ou pelo e-mail moises-matias@ig.com.br "Aprenda a fazer um sítio na sua casa, no seu apartamento ou em uma área de terra. Assim você estará atuando firme, em seu local de moradia,para salvar o planeta.

Publicado em 24/11/2012, em artigos, ecologia e criatividade, entrevista, manifesto, meio ambiente, negócios, Vivências. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s