Da. Vicentina, a Cora Coralina da Permacultura, visita o Panakuí

Neste sábado, 24, recebi no Sítio Panakuí uma pessoa muito especial: a anciã Vicentina Gomes Shimpo, 75 anos, que reside em Luziania/Go, onde luta para preservar o Cerrado. Ela já plantou, com as próprias mãos, mais de 3.000 árvores.

Foi através do Ricardo Semealuz, da rede PSB, que D. Vicentina tomou conhecimento do Sítio Panakuí.
Nos encontramos, nos apresentamos e passamos o dia na companhia de um grupo de jovens, em uma vivência ecológica.
D. Vicentina é a Cora Coralina da ecologia. Com as mãos calejadas, luta para salvar as plantas e melhorar a vida no planeta.
Ela chegou no Sítio Panakuí  como aluna, mas a sua presença encheu o nosso espaço com a sabedoria e a serenidade.
Na terra onde vive, um sítio com pouco mais de 100 ha, cercado de fazendas de gado e de plantações de soja, ela conserva a vida, preserva os animais nativos e resiste às dificuldades semeando, roçando e criando galinhas.
Sua fala é pausada e leve. Uma anciã que dá gosto chamar de Vozinha. Eu, que não tenho mais avós, a abracei como se a conhecera desde criança.
Quantas sábias vicentinas existem neste Brasil, ecologistas intuitivas que resistem aos moinhos destruidores, sem ter a quem recorrer na sua luta pela preservação da vida?
Uma sábia senhora que, com sua luta solitária, mostra que sim, devemos nos unir cada vez mais na batalha pela vida saudável no nosso planetinha.
Ainda alguns dias ela passará em São Luís, onde visita um filho. Não sei exatamente o que fazer, nem como, mas devemos ajudar Dona Vicentina na sua luta em defesa da natureza, lá no Goiás, estado onde mais avança as monoculturas devoradoras do Cerrado, as grandes plantações movidas a agrotóxico.
Dona Vicentina é uma enciclopédia viva dos saberes tradicionais, enredo herdado das grandes tradições. É uma ecologista, uma permacultora, uma guerreira. Seu sítio precisa ser conhecido pelo Brasil. Seu trabalho e seu exemplo merecem a nossa admiração.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre panakui

O site www.folhadoamanha.net e o Sítio Panakuí convidam para a oficina Sítio Ecológico, um guia para salvar a terra, ministrada pelo jornalista e ecologista Moisés Matias. O pesquisador desenvolveu uma metodologia de valoração dos recursos naturais e culturais, um método de criação de um circulo virtuoso, similar ao indicador de Felicidade Interna Bruta (FIB), ou seja, onde há, supostamente, pobreza e tristeza, floresce a fartura e a felicidade. A oficina acontece nos sábados, no Sítio Ecológico onde foi desenvolvido o estudo. As inscrições podem ser feitas pelo fone (98) 3253 3372, ou pelo e-mail moises-matias@ig.com.br "Aprenda a fazer um sítio na sua casa, no seu apartamento ou em uma área de terra. Assim você estará atuando firme, em seu local de moradia,para salvar o planeta.

Publicado em 26/11/2012, em artigos, ecologia e criatividade, entrevista, meio ambiente, Palestras, Vivências. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s