Ecologista faz do coco um incrível negócio ecológico

No último dia do curso Ecologia e Criatividade recebemos no Sítio Panakuí a ecologista Luzete Silva. Acompanhada de duas crianças e uma sobrinha, Luzete Silva conheceu as estações do sítio, caminhou no mangue e aproveitou um pouco o melhor ecológico.
Formada em letras e concluindo o curso de Direito, Luzete é uma empreendedora ecológica. Há três anos ela começou a implantar, na região do Coquilho, cerca de 4 km distante do Sítio Panakuí, um fábrica para aproveitar todos os recursos do coco da praia.
Atualmente entrando na fase de comercialização dos produtos, ela está produzindo mantas ecológicas, para impermeabilização de estruturas, composto orgânico para plantas, tapetes e telas com os fragmentos da casca do coco, óleo de coco e ração para animais.
Em uma parceria com a Prefeitura de São Luís, em breve começará a receber os cocos consumidos na cidade, onde a prefeitura fará a coleta e o transporte até a fábrica.
“Ainda temos alguns produtos para extrair, como o tanino, o extrato da casca, com ampla utilização na indústria de tintas e perfumes, mas já estamos oferecendo os produtos paras as empresas especializadas”, informa.
Com a visita de Luzete Silva ao Sítio Panakuí, iniciamos mais uma fecunda parceria nas ações ecológicas.
O curso Ecologia e Criatividade, além dos participantes, contou com o apoio da AGERP, através do seu presidente, Jorge Fortes; dos vereadores Honorato Fernandes e Bárbara Soeiro. Nós agradecemos a confiança.DSCN2052

DSCN2053

DSCN2054

DSCN2055

DSCN2056

DSCN2057

DSCN2058

DSCN2059

DSCN2060

DSCN2061

DSCN2062

DSCN2063

DSCN2064

DSCN2065

DSCN2066

Sobre panakui

O site www.folhadoamanha.net e o Sítio Panakuí convidam para a oficina Sítio Ecológico, um guia para salvar a terra, ministrada pelo jornalista e ecologista Moisés Matias. O pesquisador desenvolveu uma metodologia de valoração dos recursos naturais e culturais, um método de criação de um circulo virtuoso, similar ao indicador de Felicidade Interna Bruta (FIB), ou seja, onde há, supostamente, pobreza e tristeza, floresce a fartura e a felicidade. A oficina acontece nos sábados, no Sítio Ecológico onde foi desenvolvido o estudo. As inscrições podem ser feitas pelo fone (98) 3253 3372, ou pelo e-mail moises-matias@ig.com.br "Aprenda a fazer um sítio na sua casa, no seu apartamento ou em uma área de terra. Assim você estará atuando firme, em seu local de moradia,para salvar o planeta.

Publicado em 13/08/2013, em ecologia e criatividade, livro, meio ambiente, Palestras, Vivências. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s