Homenagem à Mila

Amiga inseparável, leal.

A fiel escudeira, auxiliar nas boas causas, vigilante e alegre.

No sítio, era a primeira a me receber com a alegria, pulante e dizendo: “estou feliz com você aqui”, na linguagem que só os entendidos conhecem. E pulava, e rodava.

Enquanto permanecia no Sítio, ela ficava ao lado, caminhando nas trilhas, deitada aos pés da cadeira, na leitura .

Na noite de sexta-feira ela dormiu. E não acordou mais. Ficamos abalados e sem saber o motivo, pois estava alerta e parecia disposta.

São os mistérios da existência. Como estava na casa da cidade, a última viagem foi para o Sítio, onde a situei debaixo de um pé de Tuturubá.

Ao fazer a cova, descobri fragmentos de cerâmicas e uma faca rústica, de pedra, vestígios dos antigos moradores do lugar.

A última morada da minha amiga Mila é um sítio arqueológico.

O local está reservado à pesquisa. No futuro, irão dizer:

-Além dos antigos moradores desta área, muitos anos depois alguém aqui guardou um ente querido!

 

fotos 184

 

 

Sobre panakui

O site www.folhadoamanha.net e o Sítio Panakuí convidam para a oficina Sítio Ecológico, um guia para salvar a terra, ministrada pelo jornalista e ecologista Moisés Matias. O pesquisador desenvolveu uma metodologia de valoração dos recursos naturais e culturais, um método de criação de um circulo virtuoso, similar ao indicador de Felicidade Interna Bruta (FIB), ou seja, onde há, supostamente, pobreza e tristeza, floresce a fartura e a felicidade. A oficina acontece nos sábados, no Sítio Ecológico onde foi desenvolvido o estudo. As inscrições podem ser feitas pelo fone (98) 3253 3372, ou pelo e-mail moises-matias@ig.com.br "Aprenda a fazer um sítio na sua casa, no seu apartamento ou em uma área de terra. Assim você estará atuando firme, em seu local de moradia,para salvar o planeta.

Publicado em 09/02/2014, em artigos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Ribamar Sá

    Caro amigo, Moisés. Sinto com você a perda da Mila, parte de uma “família” de leais companheiros. Pai, mãe e alguns dos irmãos dela também já se foram – tantos outros, entre irmãos e sobrinhos, continuam provocando momentos de alegria e segurança às pessoas que os acolheram. Esse é um mistério que devemos aceitar com resignação, pois, o pode ser feito em vida, tenho certeza que vocês fizeram: cuidar com carinho e fornecer os nutrientes necessários para a saúde física. Tudo o mais, deixemos por conta da dinâmica da Natureza.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s