O tesouro Panakui muda a sua vida

Em 1987 eu desembarquei no Maranhão. La se vão 29 anos.  Vinha do Acre, com uma rápida passagem pelos altiplanos da Bolívia. Aqui formei-me em jornalismo (UFMA), com uma formação intensiva em Maranhes. Trilhei o Maranhão de Norte a Sul. Ouvi, Fotografei, escrevi e publiquei muito.

Em todos o registos, o espanto:

COMO ESTA TERRA E LINDA! COMO ESTA TERRA E RICA! QUE LUGAR MARAVILHOSAMENTE LINDO!

Ao lado deste espanto, vinha sempre a indagação:

COMO E POSSÍVEL TANTA POBREZA, A MISÉRIA ATINGIR TANTA GENTE, EM UMA LUGAR TAO FARTO?

E aqui que senti a necessidade de realizar a maior aventura da minha vida:

Montar um LABORATORIO DE ECOLOGIA INTUITIVO, um local que fosse pequeno, mas que conseguisse traduzir,   refletir o grande Maranhão das riquezas e das belezas inestimáveis, com uma formula capaz de ser aplicada  com relativa facilidade.

Este projeto e o S. I.A Panakui. Sao 15 anos de estudos. Dezenas de experimentos. Dezenas de vivencias, inúmeras oficinas, com 03 livros publicados, com outros sete em projeto.

Com o projeto S.I.A Panakui nos apresentamos o modelo que ativa Felicidade Interna Bruta (FIB), avançamos no modelo de ação local revolucionário que mostra que podemos melhorar a vida das pessoas, preservando a natureza.

Com a S.I.A Panakui implantado na cidade, como Sao Luis – onde esta situado – a cidade seria sustentável na produção de alimentos, resolveria o problema do lixo, ativaria uma economia extraordinária, ao valorizar, holisticamente, dez dimensões de riqueza inestimáveis.

Sim, o projeto Panakui tem a solução para os principais problemas que uma cidade apresenta.

Sim, o Panakui traduz o Maior Negocio Ecológico, ao mostrar como podemos aproveitar sustentavelmente a EXTRAORDINÁRIA   natureza que nos cerca, lançando mão do acervo disponível na CULTURA TRADICIONAL.

Sim, o Panakui existe, Um projeto visionário, construído com um esforço muito grande, mas disponível para pessoas, para os governantes que efetivamente desejam a construção de um Maranhão grande, farto e livre das mazelas que nos levam para um dos últimos lugares, em termos  de desenvolvimento e qualidade de vida.

E esta e a melhor contribuição que acumulei, nestes 29 anos de Maranhão, e apresento para quem deseja viver o sonho de SER Feliz, muito alem do decadente modelo de consumo  resumido  no TER, que esta levando a civilização atual por um caminho de ilusão, tristeza e destruição.

Moises Matias

Anúncios

Publicado em 25/11/2016, em artigos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Ribamar Sá

    “As pessoas estão a procura de algo autêntico, genuíno, verdadeiro, sincero, essas são as qualidades que faltam nessa velha história.” Essas palavras vem de uma das maiores referências em sustentabilidade ambiental e social do mundo contemporâneo, o indiano Satish Kumar, o qual eu tive o enorme privilégio de conhecer durante minha breve estada no Schumacher College, instituição por ele dirigida na Inglaterra. Foi com Satish e com o casal Miguel Altieri e Clara Nicolls pude começar a compreender o significado e a profundidade da integração “cabeça, coração e mãos”. Moisés Matias, meu dileto amigo e compadre, já havia compreendido isso há muito tempo e, por meio do Panakuí, oferece a qualquer pessoa interessada a oportunidade de vivenciar o compartilhamento de suas descobertas e de suas proposições como contributo para uma “nova historia”, em que as qualidades destacadas por Satish sejam alimentos da evolução humana. Fraterno abraço, Moisés Matias!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s